sexta-feira, 1 de julho de 2016

ATLETAS PANQUENSES FAZEM BONITO EM COMPETIÇÕES ESTADUAIS



VIRGÍLIO BRAGA
JORNALISTA: 0003539/ES
 

Os alunos jogadores de voleibol da Escola Municipal Oraide Gomes de Miranda, localizada em Pancas, vêm fazendo bonito nas competições que os mesmos participam pelo Estado. Em uma competição estadual, o time de vôlei conquistou a medalha de prata. Segundo o treinador e professor de Língua Portuguesa da escola, Roberto Eugênio da Costa, que também é universitário na área de Educação Física,  a trajetória do time de voleibol da escola teve início ano passado, vencendo a etapa regional em Ecoporanga, contra o Barra de São Francisco. No mesmo ano, aconteceram as etapas finais em Guarapari (SESC). A equipe venceu apenas um set, contra São Gabriel da Palha. “Os treinos não pararam. Segunda, quarta, quinta, sexta e sábado. Dez atletas no foco. Neste ano continuamos os treinamentos. A etapa regional em Mantenópolis nos rendeu mais um troféu. Vencemos o time da escola de Vargem Alegre, de Barra de São Francisco. A garra  e a vontade de jogar estavam presentes em todos os jogos. Jogar vôlei é interagir com todo o time em quadra. Os seis jogadores precisam estar ligado. Tudo isso aconteceu.”, destacou o professor Roberto Eugênio. O professor ainda comentou sobre o trabalho realizado com esses alunos no vôlei. “O bonito mesmo é ver um trabalho focado no crescimento humano e social que prega caráter e respeito. Foi à primeira equipe de esporte coletivo que alcançou prata nos Jogos Escolares do Espírito Santo. 2º melhor do Estado”, disse Roberto Eugênio da Costa, professor da Escola Oraide Gomes de Miranda. Parabéns ao professor e aos alunos da escola. A prática do esporte é de grande importância para a vida humana.
 FOTOS: ORAIDE GOMES DE MIRANDA/DIVULGAÇÃO
Professor Roberto Eugênio da Costa, juntamente com os alunos da Escola Municipal Oraide Gomes de Miranda. Também na imagem, o medalhista olímpico Fábio Luiz (de verde)
Atletas da Escola Oraide Gomes de Miranda em ação, e sendo acompanhado de perto pelo treinador Roberto Eugênio da Costa

GOVERNADOR ASSINA ORDEM DE SERVIÇO PARA BARRAGEM EM LAGINHA



VIRGÍLIO BRAGA
JORNALISTA: 0003539/ES

O governador Paulo Hartung (PMDB) assinou na manhã desta sexta-feira (1º), a ordem de serviço para a construção da uma barragem, em Laginha, distrito de Pancas. O evento aconteceu no centro do distrito. Serão gastos R$ 783.406,68, para tentar resolver o problema de abastecimento que os moradores de Laginha passam há décadas. Segundo a Secretaria de Estado da Agricultura (Seag), que é quem executará a obra, a nova barragem armazenará mais de 107 milhões de litros de água, onde será alagada uma área de 3,37 hectares. Durante a cerimônia de assinatura da ordem de serviço, o governador Paulo Hartung destacou que as chuvas não resolvem o desafio hídrico que o Estado está vivenciando e reforçou a importância do Estado avançar na política de reflorestamento, além da recuperação e preservação de nascentes. "Precisamos aprender a plantar árvores. Quando chove, onde tem vegetação, a água é reservada de forma natural no subsolo. Vamos precisar encher essa barragem de água e para isso é necessário criar uma nova mentalidade e modificar nossa relação de consumo com os recursos naturais", disse. Já o secretário de Estado da Agricultura, Abastecimento, Aquicultura e Pesca, Octaciano Neto, explicou que o equilíbrio financeiro do Governo do Estado possibilitou a realização dos investimentos necessários para construção da barragem. "As prioridades da agricultura capixaba mudam ao longo do tempo. Já tivemos como meta a distribuição energética e a pavimentação de estradas. Atualmente, nosso foco está nas políticas públicas para ampliar a reservação hídrica e avançar nas ações para recuperação da cobertura florestal em nosso Estado", detalhou Octaciano. Também na solenidade, um grupo de crianças de Laginha, realizou uma apresentação da tradicional dança Pomerana, aos olhos do governador e demais autoridades e populares. A partir desta sexta-feira até o próximo domingo (03), o distrito passará por festa, a Pomerfest, festa muito famosa e bem organizada pelos pomeranos. Além de populares, estiveram presentes no evento o prefeito de Pancas, Agmair Araújo, o Guima (PRP), deputados, ex-prefeitos de Pancas e de outros municípios, além de lideranças políticas e de associações, e vários vereadores de Pancas, entre eles o presidente da Câmara, Valdeci Basto, o Nenego (PSL). A obra será concluída em até oito meses. Até lá, é pedir a Deus que envie chuva para amenizar todos os problemas causados pela forte seca que assola o Estado. 
 FOTO: LEONARDO DUARTE/SECOM-ES
Área onde será construída a barragem, no córrego Floresta, em Laginha, distrito de Pancas
 FOTO: VIRGÍLIO BRAGA
Ladeado pelo prefeito de Pancas, Agmair Araújo, o Guima (PRP), Paulo Hartung (PMDB) ergue a ordem de serviço da barragem, que ele acabara de assinar em frente ao público
 FOTO: LEONARDO DUARTE/SECOM-ES
Crianças de Laginha realizam apresentação da dança Pomerana, sendo observadas pelas autoridades e por populares

quinta-feira, 30 de junho de 2016

BARRAGEM EM LAGINHA: GOVERNADOR ASSINA ORDEM DE SERVIÇO NESTA SEXTA-FEIRA (1º)



VIRGÍLIO BRAGA
JORNALISTA: 0003539/ES
 
Finalmente, a tão sonhada e prometida barragem de Laginha, distrito de Pancas, irá ser construída, pelo “andar da carruagem”. O governo do Estado, através da Secretaria de Estado da Agricultura (Seag), assina, nesta sexta-feira (1º), a ordem de serviço para o início da obra. O governador Paulo Hartung (PMDB) estará presente no evento, que acontecerá às 09h30, no centro de Laginha. Sua assessoria de imprensa confirmou a presença do chefe do Executivo do Estado após questionamentos se ele vinha ou não. Os moradores do distrito convivem há décadas com a falta d’água, conforme já foi noticiado pelo jornal O Mestre. A nova barragem de Laginha custará R$ 783.406,68, e vai ser feita pela empresa Mestra Engenharia. Após a assinatura da ordem de serviço, a empresa poderá começar a obra em poucos dias. A empresa terá 180 dias de prazo para a conclusão. Segundo a assessoria de imprensa da Seag, "a barragem de Laginha terá capacidade de armazenar mais de 107 milhões de litros de água, onde será alagada uma área de 3,37 hectares". De acordo com informações, a nova barragem resolverá o problema de abastecimento da sede do distrito, contudo, o Estado passa por uma grande crise hídrica e somente muita chuva resolverá os problemas causados pela forte seca, uma das maiores dos últimos 30 anos no Espírito Santo.
 FOTO: LEONARDO DUARTE/SECOM-ES
O governador do Estado, Paulo Hartung (PMDB), estará nesta sexta-feira (1º), às 09h30, em Laginha, distrito de Pancas. Uma barragem será construída para amenizar o problema no abastecimento da sede de Laginha

quarta-feira, 29 de junho de 2016

PREVISÃO DO TEMPO PARA ESTA QUINTA-FEIRA (30)


                                                                                                                                                           ARTES: INCAPER
Previsão do tempo para esta quinta-feira (30), segundo informou o Incaper

segunda-feira, 27 de junho de 2016

GOVERNO DO ESTADO ANUNCIA DIVERSOS CORTES DE GASTOS


O Governo do Estado enviou, nesta segunda-feira (27), mensagens à Assembleia Legislativa do Espírito Santo (Ales) visando à redução da estrutura organizacional e ao avanço do controle e redução de gastos, na ordem de aproximadamente R$ 2,9 milhões/ano, com extinção de cargos comissionados e redução de despesas administrativas.
 
As medidas que visam reduzir a estrutura organizacional do Estado envolvem fusão de agências reguladoras. Além de representar corte de gastos, elas têm a finalidade de ampliar a eficiência, por meio da otimização e racionalização do investimento dos recursos públicos, em observância ao equilíbrio fiscal e aos princípios norteadores da administração pública, com vistas à maximização dos resultados para a sociedade, dando assim prosseguimento à política de austeridade e economia iniciada pela atual administração em janeiro de 2015.
 
Resultados da primeira fase dos estudos promovidos pelo Comitê de Controle e Redução de Gastos Públicos, as mensagens nº 285, 286 e 287/2016 referem-se a projetos que preveem fusão da Agência Reguladora de Saneamento Básico e Infraestrutura Viária do Espírito Santo (Arsi) com a  Agência de Serviços Públicos de Energia do Estado do Espírito Santo (Aspe), que passam a ser Agência de Regulação de Serviços Públicos (ARSP); e as extinções da Superintendência de Polarização de Projetos Industriais (Suppin) e do Instituto de Desenvolvimento Urbano (Idurb).
 
Os secretários de Estado de Governo e de Economia e Planejamento, respectivamente Ângela Silvares e Regis Mattos Teixeira, destacaram o fato de as medidas também representarem um esforço do fortalecimento do papel do Estado na regulação dos serviços públicos. “Teremos uma única agência reguladora, mais forte”, disse Regis Mattos.
 
Ângela Silvares ressaltou que, com as medidas, haverá otimização de processos e uma melhor eficiência nos serviços prestados à população. “Os projetos tratam da restruturação organizacional do Estado, no sentido de otimizar os recursos existentes e reduzir o número de servidores comissionados, trazendo uma economia processual e de despesas que são afins a diversos órgãos”.
Entenda como vão funcionar as medidas:
 
FUSÃO DA ARSI E ASPE
 
A Agência Reguladora de Saneamento Básico e Infraestrutura Viária do Espírito Santo (Arsi) e a Agência de Serviços Públicos de Energia do Estado do Espírito Santo (Aspe) passam a ser uma só, sob a nova denominação de Agência de Regulação de Serviços Públicos (ARSP).
 
A nova agência unificada tem por finalidade regular, controlar e fiscalizar os serviços públicos de saneamento básico, infraestrutura viária com pedágio, energia elétrica e gás natural.
 
Com a fusão, serão extintos 11 (onze) cargos em comissão, gerando uma economia aproximada de R$ 456 mil/ano.
 
Atualmente, as duas agências somam 24 (vinte e quatro) cargos comissionados. Com a fusão, passarão a funcionar com 13 (treze).
 
 
EXTINÇÃO DA SUPPIN
 
As atribuições da  Superintendência de Polarização de Projetos Industriais (Suppin) serão absorvidas pela Secretaria de Estado de Desenvolvimento (Sedes), cujo projeto promove as adequações necessárias na estrutura organizacional para absorver as funções da Suppin, com sua transformação na Subsecretaria de Polos Industriais.
 
Essa alteração resultará na extinção de 10 (dez) cargos comissionados,  o que vai gerar uma economia de aproximadamente R$ 582 mil/ano.
 
Atualmente, a Suppin funciona com 21 (vinte e um) cargos comissionados.
 
EXTINÇÃO DO IDURB
 
O Instituto de Desenvolvimento Urbano (Idurb) será extinto e suas atividades serão incorporadas à estrutura da Sedurb. As atribuições do Idurb serão desempenhadas por uma subsecretaria, denominada Subsecretaria de Estado de Habitação e Regularização Fundiária.
 
Atualmente, o Idurb funciona com 19 cargos comissionados. Com a reestruturação, passará a funcionar com 8 (oito), resultando em uma redução de 11 (onze) cargos em comissão, gerando uma economia aproximada de R$ 663 mil/ano.
 
REPERCUSSÃO DAS MEDIDAS
 
A economia total aproximada é de R$ 2,9 milhões/ano com os três projetos, sendo por meio da redução de 32 (trinta e dois) cargos comissionados (50% dos atuais), citados acima, o que representa R$ 1,7 milhão de economia anual. O restante será alcançado com a redução de despesas administrativas, num total aproximado de R$ 1,2 milhão/ano.
 
Além disso, as medidas proporcionarão uma significativa redução na estrutura operacional e procedimental, bem como na perspectiva de longo prazo, refletindo em ganho de eficiência e qualidade dos serviços prestados pelos órgãos.
 
Com a nova estrutura, além da manutenção das atuais competências dos órgãos envolvidos, será reforçado o potencial de desempenho das atividades finalísticas.
 
 
ENTENDA MELHOR
 
O Comitê de Controle e Redução de Gastos Públicos vem avaliando, ao longo dos exercícios de 2015 e 2016, diversas alternativas visando à otimização de recursos e à redução de gastos. A extinção e fusão de órgãos são algumas das medidas apontadas pelas análises e estudos desenvolvidos por um grupo técnico, que vem avaliando a estrutura organizacional, de pessoal e de custeio do Poder Executivo.
 
Ao longo dos exercícios de 2015 e 2016, diversas iniciativas foram adotadas, tais como:
 
- Bloqueio de cargos em comissão;
- Redução de contratação de cargos em Designação Temporária;
- Suspensão de novos concursos públicos;
- Suspensão de horas extras;
- Suspensão para participação em congressos, seminários, feiras, cursos de extensão, entre outros que onerem os cofres públicos;
- Reavaliação dos contratos de locação de imóveis, veículos, limpeza/conservação, Vigilância Patrimonial, entre outros;
- Redução de gastos com: passagens aéreas, diárias, serviços de coffee-break;
- Redução do consumo de energia e água.
 
As informações são das assessorias de imprensa das Secretarias de Estado de Economia e Planejamento; e do Governo
 
 FOTO: ROMERO MENDONÇA/SECOM-ES
Secretários do Estado: diversos cortes serão feitos pelo governo estadual

quinta-feira, 23 de junho de 2016

PM APREENDE ARMAS E MUNIÇÕES EM ZONA RURAL DE PANCAS



VIRGÍLIO BRAGA
JORNALISTA: 0003539/ES

O Grupo de Apoio Operacional (GAO), juntamente com uma guarnição da Polícia Militar de Pancas, apreenderam armas e munições, além de terem detido um homem, na zona rural de Laginha, distrito de Pancas. Segundo o cabo PM Advalto, as apreensões e detenção aconteceram na manhã desta quinta-feira (23). Um mandado de busca e apreensão foi cumprido na residência desse homem. O nome não foi divulgado pela PM.  Foram apreendidos: um revólver calibre 32; uma espingarda de fabricação caseira; 10 cartuchos de calibre 32; 13 munições calibre 38; 07 munições calibre 32; 02 cartuchos calibre 36; 13 cartuchos calibre 28; além de materiais diversos para recargas de munições. O homem foi encaminhado à Delegacia de Polícia Civil de Pancas, para as providências cabíveis para o caso. Nos últimos anos, a Polícia Militar de Pancas têm realizada diversas apreensões de armas e munições, além de cumprir diversos mandados de prisão, e busca e apreensão.
 FOTO: DIVULGAÇÃO
Armas e munições foram apreendidas na manhã desta quinta-feira (23), na zona rural de Laginha, distrito de Pancas